Por: conteudo conteudo | 16/05/2018

Na manhã de ontem (15) durante a Assembleia Geral Ordinária da Associação dos Municípios do Oeste de Santa Catarina (Amosc) ocorreu o lançamento do selo personalizado em comemoração aos 50 anos da entidade. O ato de lançamento do selo foi presidido pela gerente regional dos Correios Fernanda Colatto Guillen.

De acordo com o presidente da Amosc, Rudi Miguel Sander o lançamento do selo dos 50 anos é um marco histórico para a associação e também para os Correios. “O nosso selo surgiu aqui e está indo para todo o estado e para todo o Brasil, assim como para outros países, levando a nossa marca, a nossa associação para muita gente. É uma satisfação, uma alegria e ao mesmo tempo uma grande responsabilidade por estar na presidência dessa importante associação que muito ajudou e muito tem ainda a fazer pelo crescimento da nossa grande região”, afirmou o presidente.

Também fizeram parte da pauta da assembleia a posse dos presidentes da Junta de Serviço Militar nos municípios Caxambu do Sul, Chapecó, Jardinópolis, Planalto Alegre, Santiago do Sul e Sul Brasil, representados pelos respectivos prefeitos, que fizeram o juramento a bandeira nacional, realizada pelo capitão Edimilson José Silvino, do Posto de Recrutamento e Mobilização de São Miguel do Oeste; a aprovação do programa de investimentos para melhoria do assessoramento técnico aos municípios, além de outros assuntos de interesse dos prefeitos.

A gerente regional dos Correios Fernanda Colatto Guillen e o presidente da Amosc Rudi Miguel Sander | Foto: Divulgação/SulBrasil

PROGRAMA LIDER

Ao meio dia aconteceu o almoço de lançamento do Programa Liderança para o Desenvolvimento Regional (Lider) promovido pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), no restaurante do Hotel Bertaso. O Lider é um projeto nacional que será desenvolvido a partir deste mês no oeste pelo Sebrae em parceria com a Amosc, visando à elaboração de uma agenda regional de desenvolvimento.

O programa Lider estimula a criação de um ambiente favorável aos pequenos negócios para o desenvolvimento regional sustentável, trabalhando três dimensões da competitividade: a sistêmica (gestores públicos e prefeitos), a empresarial (empresários locais e suas entidades representativas de classe) e a estruturante (esforço conjunto da sociedade organizada).

Segundo o presidente da Amosc, Rudi Miguel Sander, o importante é fazer parcerias buscando o crescimento regional. “São pessoas, entidades, braços, que estão se dando as mãos pensando em um crescimento regional, cada vez mais em resolver os problemas de forma coletiva e não individual. Não podemos ficar pensando em competir município com município, mas nos engajarmos para crescermos juntos”, frisou o presidente.