Por: Juliana | 06/12/2017

Santa Catarina está no topo dos rankings de densidade e eficiência na geração de startups no País, segundo dados de uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Startups (ABStartups), com a participação de mais de mil startups de todos os Estados. Chapecó acompanha os índices catarinenses e figura entre as principais cidades onde vem se apostando neste modelo de novas empresas.

Segundo o levantamento, na lista das top 10 cidades, Florianópolis aparece na segunda posição, atrás apenas de São Paulo. Já quando comparada a quantidade de startups com o número de habitantes, a capital catarinense assume o primeiro lugar no ranking. Chapecó está entre as 15 cidades brasileiras com o maior número de startups, ocupando a 13ª posição.

A pesquisa também analisou as cidades brasileiras com maior densidade de startups, ou seja, aquelas que tem o maior número per capita desta modalidade empresarial. Chapecó está na segunda posição no ranking nacional, sendo a segunda cidade brasileira com mais startups proporcionalmente à população. A primeira posição ficou com Florianópolis e a terceira com Joinville. Das top 10 cidades mais densas em startups, seis são catarinenses.

Para o diretor de Startups da Deatec, Rudinei Gerhart, iniciativas como essa pesquisa da ABStartups evidenciam o quanto esse setor está crescendo no Brasil e a importante participação de Santa Catarina nesse cenário. “No nosso caso, Chapecó desponta como uma das maiores concentrações de startups em relação ao número de habitantes, isso só comprova o quanto mantemos a vocação do empreendedorismo e nos destacamos no cenário nacional”, reforça. A Associação Polo Tecnológico do Oeste Catarinense (Deatec) é uma instituição reconhecida pela atuação no apoio e desenvolvimento de empresas que produzem ou empregam tecnologia, sendo referência no Estado e no País. A Deatec desenvolve um programa de incentivo às startups. Possui um plano de associados exclusivo para elas e apoia a participação em projetos que contribuem para o crescimento dos negócios.

Apoios como este, ofertados pela Deatec, fazem de Chapecó não só uma das principais cidades em número de startups, mas também contribuem para melhorar a eficiência destas empresas. Hoje, conforme o levantamento, Chapecó figura na 12ª posição nacional entre os municípios tops em eficiência na geração de startups no Brasil. O representante da Deatec reconhece a boa situação da cidade, bem como o caminho que ainda precisa ser trilhado. “Essa pesquisa retrata uma situação favorável no sentido de iniciativa empreendedora, mas ainda temos um longo caminho pela frente na consolidação de negócios que atuam como âncoras na região, o caminho é longo, precisamos consolidar nosso ecossistema e permitir que startups trilhem caminho de progressão exponencial e isso só se dará com o amadurecimento dos negócios que atuam aqui”, destaca.