Por: Carlos Lazzari | 14/11/2017

Crianças aprenderam sobre alimentação saudável

EBM Vila Rica recebeu atividades do projeto neste ano

Contribuir na formação de cidadãos conscientes e orientá-los para uma alimentação mais saudável foi um dos objetivos do Sindicato das Indústrias de Alimentação do Oeste Catarinense (Sindialimentos), Vice-Presidência Regional Oeste da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC), SENAI e Colégio Dom Bosco ao realizar uma ação que abordou alimentação saudável e solidariedade.

A ação aconteceu em duas etapas. A primeira reuniu cerca de 150 alunos do pré-escolar ao 5° ano do Centro Educacional Dom Bosco que participaram de uma palestra sobre a alimentação saudável.

O Centro Educacional Dom Bosco e o Sindialimentos doaram para a Escola Básica Municipal Vila Rica alimentos não perecíveis que foram entregues para as mães que participaram de palestra sobre alimentação saudável e como reaproveitar os alimentos.

A segunda etapa foi a realização de uma palestra pelo SENAI com o mesmo tema e sobre alimentação saudável e reaproveitamento de alimentos na Escola Básica Municipal Vila Rica.

Participaram alunos do 3º, 4º e 5° ano e mães dos alunos. “O encontro conscientizou as crianças sobre a importância da alimentação saudável e contribuiu para o aprendizado de toda a família, despertando o interesse por conhecer mais sobre o tema”, enfatizou a gestora da escola, Daniela Bianchi Gaspari.

A diretora do colégio, Annelise Schmidt, ressaltou a parceria com a FIESC e suas entidades e sindicatos. “A iniciativa vem ao encontro com os conteúdos trabalhados na escola sobre alimentação saudável e faz uma relação do conhecimento científico com a realidade, o que é muito importante no processo de ensino-aprendizagem, além de trabalhar a perspectiva social, com auxílio a outras comunidades”, frisou.

A ação fez parte do projeto do Sindialimentos em comemoração ao Dia Mundial do Pão.O presidente, André Sfoggia Rigon, ressaltou que a iniciativa tem como finalidade fortalecer a representação empresarial sindical por meio de ações que promovam a identificação de alimentos mais saudáveis e ações solidárias. “Também temos o objetivo de divulgar o SENAI Chapecó por ser um polo na área de alimentos no Oeste catarinense, oferecendo às indústrias associadas e comunidade, por meio do sistema FIESC, diversos serviços e produtos que contribuem para o crescimento das empresas”, salientou.